Advocacia criminal: o que é e como trabalhar nessa área?
Graduação

Advocacia criminal: o que é e como trabalhar nessa área?

Muitos acadêmicos sentem-se atraídos pela advocacia criminal, uma vez que é uma área que traz emoções, experiências únicas e aspectos do cotidiano que envolvem toda a sociedade.

No entanto, muitos resistem à área, pois se apegam a frases que ouvem de conhecidos e colegas com relação a defender criminosos.

A legislação possibilita a qualquer pessoa o direito de defesa, portanto, é justo e necessário que advogados se coloquem à disposição para isso.

O que seria da justiça se os cidadãos fossem julgados e tivessem que cumprir suas penas sem terem o direito de manifestação?

A advocacia criminal, muito distante de defender criminosos, trabalha para que os direitos de todos os cidadãos sejam mantidos e cumpridos, conforme as determinações das leis de um país civilizado e que busca igualdade. Continue lendo e confira!

O que é advocacia criminal?

A advocacia criminal se caracteriza pela defesa de pessoas que estão sendo acusadas de algum crime.

O advogado criminalista é o profissional que busca, independentemente do crime cometido, uma defesa justa e que atenda à legislação.

Esse profissional é o responsável para que a lei seja cumprida na medida certa, contribuindo para sua correta aplicação.

O que um advogado criminal faz?

Na busca incessante da justiça, ele é o responsável pela defesa de pessoas acusadas de crimes, e dentre as suas atribuições, desenvolve:

  • reunião de provas,
  • preparação de argumentos favoráveis ao cliente,
  • notificações,
  • citações,
  • intimações dos atos processuais,
  • visitação aos clientes nas prisões,
  • manifestações,
  • participações em audiências,
  • protocolamento de pedidos.

Como trabalhar nessa área?

Para trabalhar com advocacia criminal, é necessária uma formação adequada, portanto o candidato a essa possibilidade precisa desenvolver:

Curso de Direito

A base para o trabalho na advocacia criminal está em uma formação acadêmica superior na área de Direito, através de um curso que tenha o reconhecimento do Ministério da Educação.

Esse curso tem a duração de cinco anos, em que os diversos segmentos do Direito serão apresentados. No entanto, se o acadêmico tiver o interesse em atuar na área criminal, é importante que venha a realizar estágios com profissionais que já vivem essa realidade.

Após a formação no curso de Direito, se faz necessário a prestação do exame da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, para estar autorizado a trabalhar com a advocacia criminal.

Especialização

Além da conquista da OAB, é muito importante a busca por um curso de especialização em Direito Penal, possibilitando conhecer ainda mais a área e aprimorando-se, por exemplo, em psicologia jurídica, criminalística e outros setores envolvidos nesse nicho.

As atividades profissionais se iniciam ainda na Faculdade de Direito, quando os estágios obrigatórios terão que ser realizados, portanto, se o seu interesse for pela área criminalística, é importante que busque alguma oportunidade voltada para isso.

A partir daí e do gosto pela atividade, oportunidades aparecem e o aprimoramento irá ajudá-lo a buscar o seu espaço profissional.

Se você tem vontade de trabalhar nesse ramo, não se deixe levar por frases ou comentários que pouco colaboram com a ordem e justiça, antes disso, conheça mais detalhes dessa fantástica profissão e busque mais informações a respeito.

Agora que você já sabe como trabalhar com advocacia criminal, dê o seu primeiro passo conhecendo o curso de Direito da Ulbra, uma das maiores Universidades do Brasil!

Publicado em 21 de dezembro de 2020, por Equipe Ulbra

Posts relacionados

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin