Mercado de atuação para designer digital: conheça 5 áreas!
Dicas de carreira

Mercado de atuação para designer digital: conheça 5 áreas!

O Design Digital é uma área com um amplo mercado de atuação, com atividades que se adaptam aos interesses de cada profissional.

Com o avanço da tecnologia e o desenvolvimento de recursos cada vez mais ágeis, o ambiente digital se faz cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, seja para uma comunicação mais rápida ou realizar tarefas com mais praticidade.

Assim, o trabalho do designer se torna cada vez mais relevante, pois é capaz de proporcionar uma experiência mais satisfatória para cada usuário do ambiente virtual.

Neste post, falaremos sobre as diversas oportunidades que o mercado de atuação em Design Digital oferece ao profissional da área. Confira!

Como está o mercado de atuação para designer digital?

Nos últimos anos, o mundo todo vem passando por uma transformação digital significativa, que alterou a maneira como nos comunicamos e até o modo como realizamos atividades cotidianas, seja fazer uma compra ou resolver um problema no banco.

Para facilitar esses procedimentos e garantir que sejam intuitivos, existe um mercado em expansão para o designer digital, profissional responsável por explorar as possibilidades do ambiente virtual, seja em termos de estética ou funcionalidade.

Assim, com a chegada de cada vez mais possibilidades no mundo digital, o mercado de atuação desse profissional é ampliado a todo momento com novas oportunidades.

Saiba mais sobre: Será que Design Digital é o curso ideal para mim?

Animador

Engana-se quem pensa que as animações são exclusividade das grandes produções cinematográficas.

Embora sejam também uma possibilidade para quem procura trabalhar com esse elemento, existem outras oportunidades para explorar a animação.

Um bom exemplo de mercado de atuação para o designer digital que gostaria de trabalhar com esse tipo de atividade é o setor educacional, que também passou por grandes alterações com a chegada de novas tecnologias e meios de comunicação.

Assim, o uso de recursos audiovisuais cresce cada vez mais nos Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), por meio de vídeos voltados para o conteúdo abordado em cada curso ou disciplina.

Além disso, a indústria de videogames é também um mercado de atuação interessante, que continuamente oferece oportunidades de trabalho para o designer digital

Desenvolvedor de sites e identidade visual

As transformações geradas pelo avanço da tecnologia e da internet afetaram diversas áreas do mercado.

Para o setor de e-commerce, por exemplo, dados da pesquisa Global Payments Report apontam um crescimento de 55,3% nos próximos três anos, com base no aumento significativo que o setor apresentou nos anos anteriores.

Nesse sentido, a criação de sites e a elaboração de identidades visuais se tornam cada vez mais importantes para toda empresa que procura acompanhar as mudanças no comportamento do consumidor.

A área de Design Digital recebe destaque no desenvolvimento de sites mais funcionais e que proporcionam uma experiência mais intuitiva ao usuário, contribuindo para um melhor desempenho por parte de empreendimentos online.

Outro ponto importante proporcionado pelo designer digital é a criação de identidades visuais que não sejam apenas marcantes e esteticamente agradáveis, mas transmitam a imagem que a marca pretende passar ao seu público.

Editor de vídeos

Mais uma vez na área de recursos audiovisuais, a edição de vídeos oferece um mercado de atuação promissor para o profissional com formação em Design Digital.

Trata-se de um ramo utilizado por pessoas e empresas de diversos segmentos, seja para fins de entretenimento ou divulgação de serviços e informações.

A edição de vídeos é um procedimento de extrema importância para um conteúdo bem produzido, que ofereça uma comunicação eficiente com o público e favoreça a presença digital de um empreendimento ou profissional.

Assim, este consiste em mais um dos serviços nos quais o designer digital pode investir ao entrar no mercado de trabalho.

UX e UI

Como usuário de diferentes plataformas na internet, você já deve ter notado que alguns sites oferecem uma experiência mais intuitiva, enquanto outros são mais trabalhosos e, muitas vezes, desencorajam o usuário a continuar na página.

O UX e o UI surgem como maneiras de reparar problemas como esse. As siglas correspondem às siglas User Experience e User Interface, ou seja, experiência do usuário e interface do usuário.

Ambos são conceitos aplicados com o objetivo de elaborar páginas que ofereçam experiências mais positivas, de modo geral, seja através de recursos estéticos ou funcionais.

Tendo em vista que toda empresa quer se destacar positivamente no ambiente virtual, o UI e o UX têm ganhado cada vez mais relevância, consistindo em um mercado de atuação promissor para o designer digital.

Marketing digital

O designer digital também pode trabalhar na elaboração de criativos para as campanhas de marketing digital. Isso inclui imagens, vídeos e GIFs para as redes sociais, assim como outros materiais, por exemplo:

  • banners,
  • imagens para anúncios,
  • páginas para captar leads.

Além disso, esse profissional também pode atuar realizando testes com diferentes comunicações visuais para identificar os formatos que mais geram engajamento com o público-alvo da marca.

Quanto ganha um designer digital?

Ao escolher um curso de ensino superior, a remuneração é também um dos fatores a serem analisados, de modo que o estudante possa planejar sua carreira e traçar planos para sua vida profissional e pessoal.

De modo geral, os salários de qualquer área variam conforme o local de atuação, o cargo exercido, tempo de trabalho, realização de especializações e a instituição em que se atua, além do mercado de atuação escolhido, que também pode provocar alterações.

No entanto, a plataforma Glassdoor, que calcula a remuneração média de diversas profissões, estima uma média salarial de R$ 4.000,00 mensais para o profissional que atua no ramo de Design Digital.

Onde cursar?

Escolher o curso de ensino superior ideal para você certamente é uma decisão de grande importância, mas que deve acompanhar uma escolha cuidadosa em relação à instituição de ensino na qual a formação será realizada.

A habilitação em Design Digital é alcançada através de um curso tecnólogo, que difere dos cursos de graduação por ter duração menor e ser mais direcionado às demandas do mercado de trabalho.

Trata-se de uma formação que depende de diversos fatores, desde um corpo docente qualificado até uma infraestrutura completa, que proporcione ao estudante o contato com os recursos que utilizará no mercado de atuação escolhido.

Nesse sentido, tanto os cursos presenciais quanto à distância podem oferecer uma habilitação de qualidade, desde que promovam o conhecimento teórico e prático necessários para tornar-se um profissional capacitado.

Para isso, é importante que incluam conteúdos relacionados à comunicação e aos princípios gerais do Design, aplicando-os à utilização de softwares e elaboração de projetos práticos.

Esses são todos elementos que você encontra no Curso de Design Digital EAD da Ulbra, a Universidade Luterana do Brasil!

Ao longo de quatro semestres, com o apoio de uma plataforma própria de ensino, integramos as áreas de Design, tecnologia e comunicação, proporcionando ao estudante as habilidades necessárias para atuar em diversos contextos, comunicando ideias, conceitos e soluções.

Acesse nosso site e confira mais informações a respeito de processos seletivos e descontos nas mensalidades.

Publicado em 6 de setembro de 2022, por Equipe Ulbra

Posts relacionados

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin