O que faz um engenheiro de produção e como se tornar um?
Dicas de carreira

O que faz um engenheiro de produção e como se tornar um?

As indústrias continuam sendo a grande alavanca da economia mundial e por trás desse sucesso, muitos se perguntam: o que faz um engenheiro de produção e como ingressar nessa brilhante carreira?

Apesar de vivermos um período de grandes dificuldades na imensa maioria dos setores das atividades profissionais, a indústria respondeu por 22,2% da participação sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2021, segundo os dados levantados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

É importante lembrarmos que a indústria é considerada a mola propulsora da economia, afinal, o comércio e a prestação de serviços se movimentam a partir da comercialização e instalação que envolvem produtos.

As indústrias são divididas em três categorias, quando consideradas as suas finalidades, são elas:

  • bens de produção – transforma elementos da natureza em matéria-prima,
  • bens de capital – desenvolve máquinas e equipamentos para outras indústrias,
  • bens de consumo – transformação da matéria-prima em um produto final.

Todas essas possibilidades envolvem profissionais que estejam a frente das operações, garantindo qualidade e os resultados desejados nas diversas áreas em que estejam envolvidos.

Além de buscar ininterruptamente atender a demanda e garantir bons resultados à operação, essa importante função está diretamente envolvida com os seguintes setores integrados à produção:

  • logística,
  • qualidade,
  • obtenção, mineração e análise de grandes dados, 
  • sustentabilidade,
  • organização de processos,
  • orçamentos e custos,
  • materiais,
  • planejamento e controle,
  • recursos humanos.

Por conta disso, muitos egressos em Engenharia de Produção iniciam seus cursos com foco em atuar em empresas da área da saúde e órgão públicos, assim como em setores de marketing e TI.

Portanto, trata-se de uma atividade que responde por decisões estratégicas e fundamentais para o sucesso das empresas, daí a valorização e a busca constante por profissionais capacitados.

Neste post, apresentaremos o que faz um engenheiro de produção e como ingressar nessa interessante e importante área. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

O que faz um engenheiro de produção?

A pergunta sobre o que faz um engenheiro de produção, vai muito além do que muitos pensam, ou seja, ele não é simplesmente o responsável pela fabricação de materiais.

Ocorre que, para se alcançar qualidade na produção de materiais, é necessário que esse profissional conheça a operação das áreas afins envolvidas nesse processo.

Uma empresa para alcançar sucesso precisa oferecer ao mercado produtos que atendam aos seguintes requisitos:

  • qualidade,
  • preços viáveis,
  • agilidade na entrega,
  • continuidade de fornecimento.

O engenheiro de produção está envolvido em todas essas atividades, pois é a partir do seu conhecimento que o equilíbrio de todas as ações que atendam a essas premissas são alcançadas.

Em quais áreas esse engenheiro de produção pode atuar?

Como se percebe, o engenheiro de produção é um profissional que precisa conhecer diversas áreas de uma corporação, onde, nas grandes indústrias, varejo e prestadores de serviços, pode se especializar em alguma atividade específica, no entanto, em empresas menores, terá que colaborar com seus conhecimentos em todos os setores citados anteriormente.

De uma forma geral, esse profissional precisa avaliar a qualidade e os custos da matéria-prima e insumos que serão utilizados na produção dos produtos fabricados pela indústria na qual é responsável.

Precisará organizar todos os processos envolvendo:

  • entrada e conferência dos materiais a serem utilizados na produção,
  • formas de armazenamento da matéria-prima,
  • montagem das linhas de produção e logística operacional do chão de fábrica,
  • controle de qualidade das mercadorias produzidas,
  • controle dos processos operacionais da indústria,
  • simulação de processos,
  • desenvolvimento de produtos e serviços,
  • segurança dos colaboradores,
  • processos sustentáveis, evitando desperdícios e agressões ao meio ambiente.

Quanto ganha um engenheiro de produção?

Toda essa base de conhecimento e a ininterrupta busca por novas tecnologias e metodologias faz com que esse profissional seja muito valorizado no mercado de trabalho.

Em momentos como o que vivemos, onde a crise estabelecida em função da pandemia do coronavírus e da baixa nos resultados econômicos tornaram-se evidentes, esse profissional torna-se indispensável e estratégico para tomadas de decisões assertivas e que garantam o sucesso das operações industriais.

De acordo com o site Salário.com.br, um engenheiro de produção percebe em média uma remuneração mensal de R$ 8.295,23.

Segundo os levantamento realizados pelo site junto a 7.611 profissionais contratados ou desligados de empresas em todo o país entre maio de 2021 e abril de 2022, constata-se os seguintes dados:

  • piso salarial – R$ 7.902,77,
  • mediana da pesquisa – R$ 8.483,68,
  • teto salarial  – R$ 16.338,97.

Esses dados consideram as pesquisas realizadas junto a profissionais que atuam em regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) em todo o Brasil.

Estude na Ulbra!

Agora que você já sabe o que faz um engenheiro de produção e o quanto ele pode ganhar, vale a pena conhecer mais sobre o curso oferecido pela Ulbra, uma das mais importantes Universidades do Brasil.

Na Ulbra, o Curso de Engenharia de Produção oferece uma graduação como bacharel, possuindo uma duração de 10 semestres.

Após a formação, o acadêmico estará pronto para atuar na indústria e em outros segmentos onde essa profissão também ganha força, tais como:

  • prestadores de serviços,
  • lojas de varejo.

Além disso, existem excelentes oportunidades para profissionais que desejam empreender e trabalhar como consultores terceirizados, contribuindo com operações de diversas indústrias dos mais variados segmentos.

No Curso de Engenharia de Produção da Ulbra, o acadêmico tem acesso aos seguintes conteúdos:

  • algoritmos e programação,
  • metrologia,
  • produção enxuta,
  • processos de manufatura,
  • ciência, inovação e empreendedorismo,
  • ciência dos materiais,
  • física mecânica,
  • modelagem,
  • mecânica de fluidos,
  • cadeia de suprimentos,
  • eletrotécnica,
  • segurança do trabalho,
  • manutenção,
  • riscos industriais,
  • engenharia econômica e gestão de custos,
  • engenharia de qualidade,
  • instalações e layout,
  • desenvolvimento de produtos,
  • gestão de projetos,
  • análise de grandes dados
  • simulação computacional,
  • gestão de pessoas,
  • gestão estratégia e organizacional.

Essas são apenas algumas das matérias nas quais o acadêmico terá acesso durante o curso, quando além do vasto conhecimento que irá adquirir, poderá também contar com os diferenciais e o expertise que a Ulbra oferece.

Outro ponto importante a ser observado é que a Instituição disponibiliza o curso tanto no formato presencial quanto também de forma Híbrida, ou seja, aplicando a metodologia de Ensino à Distância (EAD).

Se você gosta de atividades que envolvam o setor produtivo e deseja construir uma carreira de sucesso, colaborando com esse importante segmento que está em um processo de retomada forte das atividades, vale conhecer mais a respeito e buscar por uma formação que garanta qualidade e aprendizado.

A Ulbra é uma das melhores opções do mercado e está pronta para recebê-lo, oferecendo uma formação de alto nível e abrindo milhares de portas para uma vida profissional, repleta de oportunidades e grande sucesso.

Sabendo o que faz um engenheiro de produção, é hora de iniciar a sua caminhada. Acesse nosso site e faça a sua matrícula para conquistar o seu merecido espaço no mercado de trabalho!

Publicado em 4 de agosto de 2022, por Equipe Ulbra

Posts relacionados

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin