Jornalismo: por que trabalhar com assessoria de imprensa?
Dicas de carreira

Jornalismo: por que trabalhar com assessoria de imprensa?

Em tempo de fake news, uma assessoria de imprensa é o canal oficial e seguro de notícias, seja de uma marca ou sobre uma celebridade. Apesar do constante combate, ainda vivenciamos uma pandemia de desinformação circulando em diversos canais sem a devida apuração jornalística, levando muitas marcas e pessoas a sofrerem sérios danos em sua reputação e credibilidade junto ao mercado.

É fundamental que pessoas físicas, jurídicas e órgãos públicos estabeleçam um relacionamento contínuo, confiável e qualitativo com os veículos de comunicação. Sem contar que jornalistas comprometidos buscam por fontes seguras para informar o seu público, e o leitor a cada dia procura por canais confiáveis de notícias.

Um assessor de imprensa é o elo seguro e confiável entre a marca ou personalidade e a imprensa, possibilitando que os diversos profissionais da área de comunicação possam elaborar notícias e conteúdos digitais para os diversos canais, a fim de atualizar seus públicos. 

A assessoria de imprensa protege a reputação da marca/instituição ou da personalidade perante a mídia e garante a veracidade das informações passadas. A especialização nesta área abre várias possibilidades de trabalho e sucesso. Vamos conhecer mais sobre ela?

A história da assessoria de imprensa

Segundo relatos, o presidente americano Andrew Jackson, durante o seu mandato, que durou de 1829  a 1837, criou um canal exclusivo de comunicação entre o governo e a imprensa, denominado de The Glob (O Globo), dando início ao que hoje conhecemos como assessoria de imprensa.

No entanto, o reconhecimento da atividade profissional se deu na metade do ano de 1906, quando o jornalista americano Ivy Lee resolveu abrir o primeiro escritório de relações públicas do mundo, escolhendo Nova Iorque para sediar o Ivy Lee and T.J. Ross Associates. Lee é considerado o pai das relações públicas e o jornalista projetou-se na área ao assessorar o empresário John D. Rockefeller. Seu trabalho foi tão significativo que conseguiu mudar a imagem do empresário, que na época não era muito bem-visto pela sociedade. O sucesso foi tão grande que em pouco tempo o jornalista passou a trabalhar com toda a família Rockefeller.

Em 1914, Lee foi contratado para assessorar a Pennsylvania Railroad Company, uma operadora ferroviária americana, tornando-se o representante da mesma perante a imprensa.

Diferença entre assessoria de imprensa e assessoria de comunicação

O estudante que se forma em Jornalismo pode atuar em várias áreas e entre elas estão a  assessoria de imprensa e a de comunicação. Mas, afinal, qual a diferença entre as duas especializações?

São elas:

Assessoria de comunicação

A assessoria de comunicação é geralmente formada por uma equipe de profissionais, por isso o trabalho é mais amplo e abrangente.

Podem fazer parte da assessoria de comunicação os seguintes profissionais:

  • publicitários e marketing,
  • jornalista,
  • relações-públicas.

Toda a equipe precisa estar envolvida com o cliente e conhecer a fundo o produto ou serviço que ele oferece, bem como identificar os pontos positivos e negativos da organização para serem devidamente trabalhados. Juntos esses profissionais realizam parte do serviço da assessoria de imprensa.

Assessoria de imprensa

O estudante do Curso de Jornalismo que se especializa em assessoria de imprensa pode trabalhar para uma instituição privada ou pública e até mesmo para pessoas físicas, em especial com personalidades, como políticos, cantores, artistas, atletas, médicos, etc. Geralmente, os assessores de imprensa atuam como grandes divulgadores de marcas e celebridades.

Por isso, estão sempre atualizados sobre as novidades, eventos, projetos, lançamentos, apresentações ou qualquer outro fato que envolva o seu assessorado, criando releases ou sugestões de pautas que possam interessar e servir de notícia aos diversos profissionais dos diferentes canais de comunicação.

Pode-se dizer que o objetivo principal do trabalho de um assessor de imprensa é construir um bom relacionamento com jornalistas e os diversos veículos de comunicação, para informar sobre o seu assessorado, a pessoa física ou jurídica que ele atende.

O assessor de imprensa também tem como função orientar sobre como se comportar e relacionar-se com a mídia, em casos de crise de imagem, por exemplo. O assessor de imprensa é o profissional jornalista que atua pensando cuidadosamente em cada informação dada sobre o seu cliente.

Da mesma forma que ele também exerce a função de relações públicas, orientando o seu assessorado a como se portar em entrevistas coletivas, lançamentos, situações negativas, etc. 

Quais são as atividades que a assessoria exerce:

As principais atividades exercidas no dia-a-dia de um assessor de imprensa são:

  • produzir releases; 
  • criar estratégias para divulgar as atividades do seu cliente à imprensa;
  • orientar o assessorado que nem toda informação é produtiva e de interesse da imprensa e do público;
  • informar atividades da organização ou da personalidade que podem interessar à mídia e ao público;
  • acompanhar e orientar a postura do seu assessorado em eventos que envolvam a presença das mídias;
  • convocar e assessorar o seu cliente em entrevistas coletivas,
  • acompanhar as entrevistas;
  • fazer o clipping de mídia (monitoramento, análise e arquivamento de notícias dadas nas mídias, sobre o seu cliente);
  • fazer follow-up com jornalistas (contatar para checar se o conteúdo enviado e se disponibilizar para esclarecer qualquer dúvida).

Qual o perfil desse tipo de assessor?

O assessor de imprensa vai atuar diretamente com pessoas, entre elas os seus clientes e os diversos profissionais de mídias.

Por isso, além da formação superior em Jornalismo, o profissional precisa reunir algumas características específicas para conquistar a confiança de todos. 

São elas:

  • ser comprometido com a verdade;
  • ser carismático e saber se comunicar com as pessoas;
  • ser paciente e esperar o momento certo de oferecer cada conteúdo;
  • ter firmeza de propósito;
  • criar oportunidades de divulgação;
  • saber escrever de forma clara e objetiva;
  • trabalhar com transparência para conquistar a credibilidade do cliente e das mídias,
  • saber criar e cultivar bons relacionamentos;
  • preferencialmente dominar dois idiomas estrangeiros.

Agora que você conferiu todas as atribuições de uma assessoria de imprensa e sabe que a especialização tem um amplo mercado de trabalho, que tal aproveitar a oportunidade para fazer sua matrícula no Curso de Jornalismo da Ulbra?

Nosso curso oferece conteúdos atualizados, conforme a transformação da área e as necessidades do mercado.

Acesse nosso site e faça a sua matrícula.

Publicado em 8 de setembro de 2022, por Equipe Ulbra

Posts relacionados

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin