Conheça as áreas de atuação em jornalismo
Dicas de carreira

Conheça as áreas de atuação em jornalismo

O curso de Jornalismo abre muitas oportunidades para o profissional que se propõe a atuar no campo, seja em redações de jornal, revista, sites, emissoras de rádio e televisão, assessorias de comunicação, agências integradas, ou de forma independente com o próprio negócio. 

Essas ações são fundamentais e imprescindíveis para que as pessoas possam estar cientes dos acontecimentos nas mais diversas áreas do conhecimento humano. 

Ações, gerenciamento e tomadas de decisões são realizadas a partir da informação, o que amplia a responsabilidade deste profissional em apresentar sempre notícias confiáveis e que possam trazer a verdade dos fatos, apurados e checados com ética e técnicas adequadas.

O jornalista precisa estar ciente de sua responsabilidade, pois informações erradas ou distorcidas podem causar sérios problemas à vida das pessoas.

Vivemos a era da informação e de acordo com o conselheiro da Unesco, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, Guilherme Canela:

“O jornalismo nunca foi tão necessário.”

Em tempos de desinformação e fontes duvidosas, a formação jornalística tornou-se imprescindível para a sociedade, uma vez que o acesso à informação de qualidade é um dos pilares da Democracia e manutenção dos Direitos Humanos.

Neste post, apresentaremos detalhes das áreas de atuação do jornalista. Continue lendo e saiba mais sobre essa carreira!

Áreas de atuação em jornalismo

O curso de Jornalismo abre espaço para muitas oportunidades no mercado, pois, em função da sua importância e na busca por informações de qualidade, a sociedade necessita de fontes confiáveis.

A assinatura profissional em uma notícia ou informação faz toda a diferença, sobretudo em razão da circulação de “fake news”, que acabam gerando desinformação e ataques à imprensa. 

O processo de levar conteúdo de qualidade à sociedade passa por diversas áreas, como podemos citar:

Marketing

O marketing tomou proporções diferenciadas com as ações digitais que desenvolvem estratégias tendo por base a informação. 

A aproximação das empresas com seus públicos abre espaço para aqueles que sabem desenvolver conteúdos de qualidade e que conseguem, a partir de informações e técnicas jornalísticas, atrair e conquistar a confiança dos consumidores.

As redes sociais são canais fundamentais de relacionamento, possibilitando negócios e aproximação com uma diversidade de públicos. 

Por isso a necessidade de profissionais capacitados que venham a desenvolver materiais e conteúdos apropriados para essa interação.

Redes de TV

As redes de televisão continuam oferecendo campo de atuação para os profissionais do jornalismo, onde, além dos conhecidos canais abertos, desenvolvem programações voltadas a públicos específicos, que se expandem para plataformas digitais.

Atualmente, encontram-se canais oferecendo os mais variados tipos de programação, onde a qualidade e o profissionalismo são fatores importantes de audiência, como, por exemplo, conteúdos voltados a assuntos envolvendo:

  • notícias;
  • agropecuária;
  • religião;
  • documentários;
  • musicais;
  • educação;
  • esportes;
  • vendas;
  • infância;
  • economia;
  • política.

Esportes

O jornalismo esportivo é sem dúvida um dos que mais cresce em todo o mundo e no Brasil não é diferente, merecendo uma atenção especial.

As oportunidades se espalham por todo o país, onde são necessários:

  • narradores;
  • repórteres;
  • plantões desportivos;
  • comentaristas, 
  • etc.

O entretenimento esportivo faz com que bilhões de pessoas acompanhem os mais diversos esportes e atualizações de resultados, campeonatos, torneios e atividades praticadas em todos os cantos do mundo.  

São milhares de profissionais trabalhando em TVs, rádios, jornais e redes sociais, oferecendo seus serviços para empresas de notícias, clubes, ligas e entidades voltadas às atividades desportivas. 

A produção de conteúdo independente no meio esportivo também tem constituído uma área de atuação que atrai diversos profissionais.

Blogs

Os blogs, ou seja, canais na internet que têm por objetivo apresentar postagens, como essa que você está lendo, é outro recurso cada vez mais utilizado pelas empresas e instituições. 

Oferecer conteúdo de qualidade é fundamental para empreendimentos que queiram se apresentar ao mercado e obter o reconhecimento do público.

Para isso, jornalistas especializados nos mais diversos segmentos são bem-vindos, quando a partir de suas expertises oferecem materiais que trazem a seus leitores:

  • conteúdos relevantes;
  • dicas;
  • respostas;
  • orientações.

Praticamente toda empresa que possui um site irá, em algum momento, desenvolver um blog, oferecendo conteúdos que possam ajudar os seus negócios a crescerem e obterem o que é conhecido como “autoridade” de mercado.

Grande parte de toda essa demanda promove oportunidades para aqueles que fizeram a opção por um Curso de Jornalismo.

Economia

Outro setor jornalístico que merece a atenção e que sempre se apresenta como um dos assuntos favoritos de grande parte da população diz respeito à Economia. 

Jornalistas especializados na área informam e mantêm atualizados:

  • empreendedores;
  • investidores; 
  • interessados no assunto.

A dinâmica da economia exige um constante acompanhamento dos negócios, decisões políticas e tendências do mercado, portanto, uma área de muita movimentação e grandes oportunidades. 

Jornalistas econômicos são procurados pelos diversos canais de comunicação, trazendo notícias, opiniões e análises a respeito do mercado, onde necessitam de conhecimento financeiro, político e econômico, além da possibilidade de exercer a função de consultoria na área. 

O desenvolvimento de empresas de tecnologia e modelos de negócios inovadores, as startups, tem na comunicação de qualidade uma aliada imprescindível, o que, consequentemente, aumenta demanda por profissionais qualificados. 

Assessoria de imprensa

Por último, mas fundamental para empresas, instituições, governo, clubes e empreendimentos que necessitam informar, estão os assessores de imprensa. 

Como o próprio nome deixa claro, são profissionais que facilitam o dia-a-dia daqueles que estão em busca de notícias

Isso significa que os jornalistas precisam de seus colegas a fim de obter informações institucionais. 

Esses profissionais desenvolvem conteúdos específicos e matérias que venham a responder, informar e trazer detalhes a respeito de atividades e ações que envolvem a instituição, empresa ou organização que representam.

Como se observa, são muitas as oportunidades existentes para aqueles que optam pela carreira de jornalismo, onde é fundamental e básico a utilização correta da linguagem para o esclarecimento dos acontecimentos que fazem parte da vida da população.

Para se ter ideia do potencial de mercado, segundo o Ministério das Comunicações, existem no Brasil, entre emissoras de rádios, geradoras e retransmissoras de TV, 32.858 instalações outorgadas pelo Governo Federal (dados de maio/2022). 

Apenas por esse número é possível ter uma ideia das oportunidades existentes para aqueles que desejam atuar nesse segmento. 

Planejar uma trajetória no mercado exige que você faça uma graduação em Jornalismo, portanto, é preciso escolher bem o seu curso, considerando a experiência, tradição e retorno curricular que a instituição de ensino pode oferecer.

Para conhecer detalhes deste e de outros cursos da Ulbra, acesse nosso site e saiba mais sobre as várias opções que estão a sua disposição!

Publicado em 7 de julho de 2022, por Equipe Ulbra

Posts relacionados

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin