Quais os tipos de habilidades ajudarão na graduação?
Graduação

Quais os tipos de habilidades ajudarão na graduação?

Para construir uma carreira de sucesso, o profissional precisa possuir alguns tipos de habilidades que complementarão os conhecimentos técnicos adquiridos na graduação e enriquecerão o seu currículo.

O mercado de trabalho também passou por transformações e atualmente aprender a desenvolver habilidades comportamentais é tão importante e necessário como o conhecimento técnico para se tornar um profissional bem-sucedido.

Afinal, atualmente não basta apenas saber desempenhar uma atividade profissional com maestria, é preciso saber lidar com os desafios do dia a dia no ambiente colaborativo nas mais diferentes situações. 

Essas competências humanas são chamadas de soft skills e segundo uma matéria da Revista Época, para 93% dos recrutadores entrevistados, elas chegam a ser mais importantes que as habilidades técnicas.

Isso significa dizer que além da graduação que dá o conhecimento técnico, você também precisa aprender a desenvolver habilidades pessoais para se destacar no mercado e as universidades que se atualizaram com o mercado oferecem essa possibilidade ao aluno.

Ou seja, além de oferecer o conhecimento técnico, você também aprende a desenvolver algumas soft skills durante a graduação que serão essenciais para construir uma carreira de sucesso? 

Quer saber quais são as habilidades comportamentais que ajudarão na graduação? Continue a leitura.

Por que habilidades específicas podem ajudar na graduação?

Por muitas gerações, o potencial de um profissional de sucesso era medido pelo seu grau de conhecimento técnico e pela sua produtividade na área que se propunha a trabalhar.

Nesse cenário, o mais importante era a produção no dia a dia laborativo e as hards skill (capacidades técnicas) eram determinantes para o sucesso.  

Porém, as necessidades, a personalidade e a individualidade de cada ser humano não eram devidamente respeitadas, o que refletia diretamente na satisfação pessoal e profissional de cada indivíduo e na motivação de uma equipe.

Em especial com a entrada dos millennials no mercado de trabalho, essa situação passou por transformações. Atualmente, tão importante como saber desenvolver um software, ou operar processos específicos, as habilidades interpessoais passaram a ser indispensáveis ao profissional e super valorizadas no mercado. 

Os diversos tipos de habilidades dizem respeito às qualidades pessoais do profissional, ou seja, as competências humanas e são essenciais porque dizem respeito à forma como você:

  • se adapta aos desafios, 
  • enfrenta e resolve os problemas,
  • lida com suas emoções,
  • compreende e lida com as emoções dos companheiros,
  • lidera e motiva pessoas,
  • se comunica com os outros,
  • realiza e entrega o seu trabalho.

Como você pode perceber, trata-se de um conjunto de qualidade que o profissional precisa aprender a desenvolver e isso começa já no seu curso de graduação.

Tipos de habilidades que podem enriquecer o seu perfil profissional

Não existem dúvidas que o certificado de ensino superior aumenta as possibilidades e abre inúmeras oportunidades para a construção de uma carreira de sucesso e conquista de melhores salários.

Uma matéria publicada na Revista Ensino Superior mostra que a conclusão de uma graduação eleva em média em 162% os rendimentos do profissional.

No entanto, para se manter competitivo no mercado, você precisa agregar mais ao seu currículo, e considerar todos os tipos de habilidades comportamentais que necessita desenvolver para construir uma carreira sólida e se tornar um profissional valorizado e reconhecido, seja como contratado ou como empreendedor.

Entre os tipos de habilidades comportamentais mais valorizadas do mercado estão:

Resiliência

Resiliência é um termo muito usado no Curso de Física e trata-se de um conceito que diz respeito à propriedade que alguns corpos possuem de retornar ao seu estado original após serem submetidos a uma deformação elástica.

O próprio elástico é um excelente exemplo de resiliência, uma vez que quando é esticado até o seu máximo, ao ser solto ele volta ao seu estado normal. 

A resiliência é um dos tipos de habilidades mais desejados no profissional e valorizadas no mercado.

Um médico, desenvolvedor, advogado, engenheiro, veterinário, designer, enfermeiro ou qualquer outro profissional resiliente consegue lidar com a pressão do dia a dia e passar pelas adversidades sem se abalar ou desistir dos seus objetivos. 

A resiliência implica diretamente na segurança e confiança em si.

Pensamento crítico

O pensamento crítico também está entre os tipos de habilidades que são desenvolvidas durante a graduação. 

Nos meses de curso, você aprende a analisar e considerar uma mesma situação por diferentes ângulos.

Isso possibilita encontrar soluções de forma mais efetiva e prática no dia a dia, durante a execução das suas tarefas e na resolução de problemas.

Empatia

A empatia é um dos tipos de habilidade indispensáveis a qualquer profissional. 

Afinal, somente se colocando no lugar do outro e buscando compreender e respeitar o que ele sente e pensa é que poderemos criar relações saudáveis, sinceras, duradouras e produtivas.

Comunicação

Saber se comunicar é imprescindível e essa capacidade precisa ser desenvolvida em toda graduação. 

Esse é um dos tipos de habilidades mais exigidos porque não envolve apenas saber redigir bons textos ou falar corretamente. 

Desenvolver a habilidade da comunicação é saber o jeito certo de falar e o momento exato para fazer isso, é também defender o seu posicionamento sem causar conflitos ou constrangimento a quem quer que seja.

Uma formação de qualidade ajuda o aluno a desenvolver sua habilidade de comunicação, seja para apresentar um trabalho, defender teses ou argumentar. 

Autonomia

Autonomia é outra qualidade pessoal que está entre os tipos de habilidades que ajudarão na graduação e é uma das mais valorizadas no profissional.

O desenvolvimento da autonomia também acontece durante todo o curso de graduação, porque apesar de contar com todo o apoio e direcionamento dos professores, você como aluno precisa aprender a conduzir seus estudos, controlar o seu tempo, organizar a sua rotina para ter um melhor aproveitamento acadêmico.

A autonomia fortalece o profissional para enfrentar os desafios da carreira e o estresse do mercado no dia a dia. 

Essa qualidade está diretamente associada à autoconfiança na sua capacidade tanto em apresentar soluções como gerar resultados.

Inteligência emocional

De forma geral, podemos dizer que a inteligência emocional envolve todas as demais soft skills.  

Trata-se da capacidade de reconhecer e aprender a lidar com as próprias emoções e com as das outras pessoas também. 

Exige o autoconhecimento e parte do aprender a identificar as reações sentidas ao passar por determinadas situações estressantes, desafiadoras, contrárias e cobradoras no ambiente de trabalho.

Ou seja, é uma análise profunda das suas reações nas mais diversas situações no desempenho de sua atividade profissional. 

A partir desse reconhecimento, é preciso também aprender controlar as emoções negativas e saber aproveitar as positivas, buscando também compreender esses sentimentos nos seus companheiros de trabalho.

Vale destacar que muitas empresas consideram que é mais fácil um profissional aprender uma habilidade técnica do que desenvolver as competências comportamentais. 

Por isso, as modernas instituições de ensino superior transformaram suas grades curriculares para levar o conhecimento técnico e ajudar no desenvolvimento dos diversos tipos de habilidades comportamentais para formar um profissional completo.

Acesse nosso site e confira as grades curriculares do curso desejado e saiba como a Ulbra ajuda você a adquirir a capacidade técnica e as comportamentais para enfrentar o mercado.

Publicado em 27 de dezembro de 2022, por Equipe Ulbra

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin