Engenharia de Produção é uma das mais dinâmicas e requisitadas na atualidade

Você procura uma profissão que une áreas essenciais para o mercado de trabalho atual? Um curso que conecta engenharia com gestão, economia e contabilidade?  A resposta é Engenharia de Produção.

A oferta de empregos para esses profissionais está a mil. Os engenheiros de produção não têm do que reclamar.

Trabalham com conteúdos matemáticos e supertécnicos e, ao mesmo tempo, com conhecimentos mais subjetivos e humanísticos, como controle de qualidade, produtividade, projetos, gestão de pessoas, relações de trabalho.

Neste post, você saberá mais sobre Engenharia de Produção, as tendências do mercado nessa área e a indústria 4.0. Confira!

O que faz o engenheiro de produção?

O engenheiro de produção atua para melhorar a rentabilidade e a produtividade do negócio e, para isso, gerencia recursos humanos, materiais e financeiros.

É um profissional que foca no planejamento, na operação e na produção de processos industriais e empresariais. Integra as áreas técnica e administrativa em diversos tipos de organização.

Controla custos operacionais e determina recursos necessários para a produção. Também supervisiona a qualidade dos produtos, dos sistemas de abastecimento, da rentabilidade e da produtividade dos sistemas.

Está cada vez mais atuante, sendo um profissional versátil e completo em setores como:

  • Saúde
  • Ciência de dados
  • Construção civil
  • Indústria
  • Órgãos públicos
  • Serviços

Mesmo diante de desaceleração econômica, está entre as profissões que seguem em crescimento constante, porque tem visão global de todo o processo produtivo de uma organização.

Cuida de processos que envolvem pessoas e equipamentos e desenvolve projetos. Conecta as principais atividades da Engenharia com a capacidade de gestão e visão de negócios.

O profissional dessa área deve garantir a eficiência e a produtividade em todo e qualquer processo. Entre estes, estão:

  • Aperfeiçoamento de técnicas
  • Aumento da produção industrial
  • Diminuição de custos
  • Logísticas
  • Ordenamento financeiro
  • Processos comerciais
  • Racionalização das relações de trabalho

A Engenharia de Produção está focada em técnicas diversas e o profissional deve ter um perfil multidisciplinar.

O mercado da Engenharia de Produção

As vagas para engenheiros de produção estão despontando, cada vez mais, em todas as regiões do Brasil.

Não apenas as indústrias absorvem o engenheiro de produção, mas também vários outros empreendimentos.

  • Comércio atacadista
  • Comércio varejista
  • Empresas de automação
  • Empresas de turismo
  • Empresas da área da saúde
  • Ensino
  • Fábricas
  • Institutos de pesquisa
  • Mercado financeiro
  • Mineração
  • Negócios em tecnologia da informação
  • Prestadores de serviços
  • Telecomunicações, entre outros

Há oportunidades, estabelecendo padrões de qualidade e operações de logística, desde a matéria-prima à venda do produto ao consumidor.

O engenheiro de produção também atua na economia empresarial, gerenciando custos e aplicação de capital. Em tempos de crise, em que os recursos precisam ser utilizados com mais responsabilidade e economia, a atuação fica ainda mais requisitada.

As atividades do formado em Engenharia de Produção são bastante amplas. Diante disso, vários caminhos podem ser trilhados:

  • Agroindústria: controle e gerência da produção agrícola, processamento industrial dos produtos, distribuição e comercialização.
  • Desenvolvimento organizacional: análise e definição de toda a estrutura de uma empresa. Gerencia a vida financeira, custos, aplicações, rendimentos, inclusive em bancos em e carteiras de investimento.
  • Engenharia do trabalho:  gerenciamento dos recursos humanos para a produção da empresa, tanto na fabricação de produtos como na prestação de serviços.
  • Planejamento e controle da produção: implantação e administração dos processos produtivos, seleção de matérias-primas, controle de qualidade de produtos e gerenciamento das operações logísticas, como armazenagem e distribuição.

Em todas as áreas, através de ferramentas informatizadas, também há possibilidade de atuação na fiscalização, simulação e desenvolvimento de novos projetos.

Em meados de 2010, surgiu a 4ª Revolução Industrial, conhecida também como Indústria 4.0. Essa transformação está mudando as etapas de produção e os modelos de negócios por modernas máquinas e computadores.

Inovação, eficiência e customização impactaram a Engenharia de Produção. A estratégia é implementar tecnologias para cooperação entre as áreas de tecnologia de informação (TI) e as de produção. As relações de trabalho não são mais as mesmas.

O mercado, com essa tendência, ampliou a oferta para os engenheiros de produção.  Vários novos segmentos empresariais têm procurado contratar esse profissional e não só mais as grandes indústrias.

Engenharia de Produção na Ulbra

O curso de Engenharia de Produção da Ulbra forma profissionais voltados para a vasta área de atuação já mencionada neste post. O egresso também está apto para trabalhar na indústria, prestadoras de serviços, lojas de varejo, companhias de turismo, entre outros.

Muitos alunos formados pela Instituição estão trabalhando com análise de dados e desenvolvimento de aplicações na área de tecnologia.

O estudante ainda poderá atuar como consultor terceirizado de grandes grupos metalúrgicos, automotivos e industriais.

Entre as disciplinas oferecidas pela Ulbra, estão:

  • Álgebra Linear e Geometria Analítica
  • Algoritmos e Programação
  • Análise Inferencial de Dados para Produção
  • Cadeia de Suprimentos
  • Cálculo
  • Ciência dos Materiais
  • Ciência, Inovação e Empreendedorismo
  • Comunicação para o Planejamento Profissional
  • Desenho com Software
  • Desenvolvimento de Produto
  • Gestão de Projetos
  • Eletrotécnica
  • Engenharia da Qualidade
  • Engenharia Econômica e Gestão de Custos
  • Estágio em Engenharia de Produção
  • Estudos Ergonômicos
  • Física Mecânica
  • Física Rotações e Termodinâmica
  • Gestão Integrada do Ambiente
  • Gestão da Manutenção
  • Gestão em Engenharia
  • Geometria Descritiva e Desenho Técnico
  • Gerenciamento de Riscos Industriais
  • Inteligência Artificial para Produção
  • Legislação Profissional, Ética e Cidadania
  • Melhoria de Processos-diagnóstico
  • Metrologia Aplicada
  • Modelagem e Otimização
  • Modelagem para Tomada de Decisão
  • Planejamento de Capacidade Mecânica dos Fluidos
  • Processos de Manufatura
  • Produção Enxuta
  • Programações de Sistemas Inteligentes
  • Projeto de Instalações e Layout
  • Segurança do Trabalho, Acessibilidade e Ambiente
  • Sistemas Avançados de Produção

Você já está por dentro dos detalhes do curso e o que fazem os profissionais de Engenharia de Produção. Então, agora, entre no site da Ulbra e faça a sua inscrição!

 

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin