• Não há sugestões porque o campo de pesquisa está em branco.

Por que fazer uma segunda graduação?

Junho 15, 2023

Uma segunda graduação pode fazer toda a diferença na vida profissional, pois muitas vezes a caminhada na carreira de muita gente acaba tomando uma direção onde se faz necessário a busca por novos conhecimentos.

Essa realidade tanto ocorre em função de alguma especialidade no segmento em que já se trabalha como em mudanças radicais que o próprio caminho profissional acaba proporcionando.

Quem já não ouviu falar de algum advogado que se tornou um empreendedor em uma área completamente diferenciada daquela na qual havia se formado ou um administrador de empresas que acabou encontrando o seu espaço profissional na área científica ou exatas?

São muitas situações parecidas com essas, onde a melhor decisão é buscar por uma nova graduação, conquistando conhecimento, ganhando experiência e ingressando definitivamente na profissão que tanto agrada e que veio a despertar somente após a formatura em algum curso de nível superior.

Neste post, vamos apresentar a importância de uma segunda graduação e como essa formação pode contribuir para a valorização do currículo e no sucesso da carreira profissional. Continue lendo e saiba mais a esse respeito!

O que é segunda graduação?

A segunda graduação é uma opção que possibilita ao aluno uma nova formação de nível superior.

Isso significa ir muito além de uma segunda faculdade, pois, efetivamente, colabora com a formação acadêmica e profissional, o que acaba fazendo toda a diferença no desenvolvimento de uma carreira.

Tal qual ocorre na formação superior, ele se enquadra em três modalidades:

  • licenciatura,
  • bacharelado,
  • tecnólogo.

Ela também pode ser desenvolvida de forma presencial, híbrida ou através do ensino a distância (EAD).

Muitas pessoas buscam por essa opção e voltam a Universidade, o que acaba refletindo nos dados estatísticos que apontam alunos com mais idade fazendo um curso superior.

De acordo com o censo 2021 do Ministério da Educação (MEC), quase 600 mil brasileiros matriculados nos cursos superiores possuem mais de 40 anos. 

Isso significa que 16% dos alunos no Brasil estão inseridos nessa faixa etária, muitos dos quais buscando a sua segunda graduação.

Quanto tempo dura uma segunda graduação?

Observa-se também que muitos recém-graduados optam por uma segunda faculdade, porque o tempo de duração tende a ser menor do que o tempo dedicado à primeira formação.

Quando o novo curso a ser desenvolvido possui matérias que possibilitem o aproveitamento, por já terem sido feitas na faculdade que antecedeu a nova formação, em alguns casos, pode-se obter o diploma em 6 meses ou 1 ano.

No entanto, quando o curso que se pretende fazer faz parte de outra área do conhecimento humano, ele deverá ser realizado na sua íntegra, como, por exemplo, uma primeira formação em Educação Física e a segunda na área do Direito.

Quem pode fazer esse tipo de formação?

Para realizar a segunda graduação, o aluno precisará estar formado em sua primeira, ou seja, possuir um diploma de ensino superior.

Muitas pessoas imaginam que o fato de estarem com a matrícula trancada em um curso, lhe dá o direito de obter os benefícios oferecidos para uma nova formação superior, o que é um engano.

Na Ulbra, por exemplo, quem já possui graduação pode fazer um segundo curso superior em uma das maiores Universidades do país, sem a necessidade de realizar vestibular e com um interessante desconto.

Quais são os cursos da segunda graduação?

Todos os cursos disponíveis podem ser opções para uma segunda graduação.

É bastante comum que um advogado queira, por exemplo, desenvolver um curso em alguma área específica para obter uma formação no segmento que pretende se especializar, como:

  • comércio exterior,
  • tecnologia da informação,
  • gestão pública, etc.

Ou um tecnólogo tenha interesse em conquistar uma licenciatura para atuar também como professor.

Portanto, não faltam possibilidades para que cada um alcance as suas metas a partir de novos caminhos que se abrem em suas vidas profissionais.

Segunda graduação é a mesma coisa que segunda licenciatura?

Para respondermos a essa questão, é importante entender a diferença entre graduação em curso de bacharelado ou tecnólogo e cursos de licenciatura.

A graduação acontece sempre que o aluno obtém o diploma de curso superior, portanto, ele pode ter conquistado uma formação como: tecnólogo, bacharel ou licenciado.

Já a licenciatura é voltada exclusivamente para uma formação acadêmica, ou seja, para aqueles que desejam se tornar professores.

Portanto, um aluno só conquistará sua segunda licenciatura se já possuir um diploma nesse nível, como, por exemplo, um professor de química licenciado que deseja também dar aulas de biologia. Na Ulbra, a segunda licenciatura pode ser cursada em um ano.

Nesse caso, ele já é licenciado, podendo através de sua segunda faculdade conquistar mais uma formação.

No entanto, isso não impede que um bacharel ou um tecnólogo de alguma área queira conquistar um diploma de licenciatura, situação que possibilitará a ele atuar na sua profissão e também desenvolver uma carreira como professor. 

Neste caso, o bacharel ou tecnólogo deverá cursar uma segunda graduação, isto é, terá que realizar todo o curso de licenciatura forma regular (4 anos).

Quais são as vantagens de ter uma segunda graduação?

Certamente, você já deve ter percebido que essa opção é muito interessante, mas vale a pena conhecer mais alguns detalhes e vantagens a esse respeito:

Entrada facilitada

Como já vimos, uma pessoa já graduada tem facilidades em ingressar em uma nova faculdade, pois não precisará passar pelas provas do vestibular.

A Ulbra oferece muitas opções para isso, quando você poderá escolher entre realizar o seu novo curso de forma presencial, EAD ou híbrido.

Atuação profissional amplificada

Muitas vezes as oportunidades profissionais surgem e levam as pessoas a áreas nas quais não são especialistas ou formadas.

A segunda graduação permite que se possa conquistar uma formação acadêmica que venha a facilitar o crescimento profissional na área da qual está inserido, portanto, uma forma inteligente de se aprimorar.

Crescimento pessoal e profissional

Muito além do crescimento profissional, citado anteriormente, através da segunda faculdade é possível não só valorizar o currículo, como também melhorar a vida pessoal.

Quantas pessoas vêm buscando uma nova formação exatamente em alguma área que sempre tiveram por sonho atuar? Os números da pesquisa do MEC demonstram isso.

Networking

Por fim, mas não menos importante, a sua rede de networking dá um salto, pois a Universidade é sem dúvida uma grande oportunidade para novos relacionamentos.

Através de novas amizades e dos contatos que se fazem com professores e colegas, grandes oportunidades surgem e novos caminhos se abrem na medida do desenvolvimento da sua nova graduação.

Faça sua segunda graduação na Ulbra!

Agora que você conhece detalhes a esse respeito, é hora de avaliar uma nova formação para o seu currículo e engrandecimento de sua vida pessoal.

Para isso, vale a pena conhecer as facilidades e possibilidades que a Ulbra oferece.

Acesse nosso site, obtenha detalhes e possibilidades a esse respeito e faça a sua matrícula. Será muito bom poder contar com sua participação em algum dos nossos cursos!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Cadastre-se e saiba mais sobre os nossos cursos e processos seletivos. Fique por dentro de tudo o que você, como futuro aluno ULBRA, precisa saber!