5 dicas de como fazer networking na faculdade!
Geral

5 dicas de como fazer networking na faculdade!

Saber como fazer networking é um dos primeiros passos para a construção de uma carreira sólida e promissora. Outro aspecto importante desse processo é saber quando iniciá-lo.

A entrada no ensino superior é um importante marco para todo estudante, pois é o início da preparação para a vida profissional de um indivíduo.

Para estar efetivamente preparado, no entanto, é preciso ir além de assistir às aulas e tirar boas notas nas avaliações, procurando construir desde cedo um caminho propício para o crescimento profissional.

Nesse sentido, estabelecer conexões com outras pessoas inseridas na área pode fazer toda a diferença no futuro, principalmente quando chegar o momento de ingressar no mercado de trabalho.

Pensando nisso, preparamos esse conteúdo com 5 dicas de como fazer networking na faculdade, para que você comece logo a preparar o terreno para o seu sucesso profissional. Confira!

Qual a importância do networking?

O mundo em que vivemos vem passando por diversas mudanças, que alteram desde a maneira como nos comunicamos até o meio em que atuamos profissionalmente.

Assim, o mercado de trabalho apresenta cada vez mais competitividade, sendo necessário procurar meios de se destacar entre a concorrência e alcançar boas oportunidades.

Nesse cenário, saber como fazer networking passa a ser essencial, pois permite que o profissional receba conselhos de pessoas que já estão inseridas na área, consiga informações com mais agilidade e aumente sua visibilidade no mercado de trabalho.

Além disso, com o avanço da carreira, essa prática promove a troca de conhecimento entre pessoas que atuam em ramos semelhantes ou complementares, beneficiando ambas as partes envolvidas nesse tipo de relação.

Por isso, entender como fazer networking desde a faculdade representa uma vantagem para todo estudante que já está de olho no futuro da sua carreira.

Nesse sentido, saber explorar o potencial oferecido pelo ambiente universitário é tão importante quanto escolher a formação certa para você.

Como fazer networking na faculdade?

Ser um bom aluno é fundamental para toda pessoa que entra no ensino superior com o objetivo de se tornar um profissional capacitado.

Isso não significa apenas assistir às aulas e tirar boas notas em avaliações, mas envolve também uma série de práticas e condutas que devem ser aplicadas pelo estudante.

Envolver-se na vida acadêmica, ir além das informações recebidas pelos professores, realizar a formação com comprometimento e dedicação, bem como estabelecer uma relação positiva com colegas e docentes, também são pontos importantes para tornar-se um bom profissional.

Dessa maneira, essas são práticas importantes para quem procura entender de que maneira aproveitar todo o potencial da vida universitária e como fazer networking desde a faculdade.

Cultive o relacionamento com os colegas e professores

O primeiro passo para entender como fazer networking em qualquer espaço é compreender a importância das relações que estabelecemos com outras pessoas.

Na faculdade, manter um diálogo positivo, com respeito e empatia, em relação a professores e colegas, é uma forma de estreitar laços e aproveitar os benefícios de contar com pessoas a quem se possa recorrer.

Seja para pedir as anotações de uma aula na qual precisou faltar, formar grupos para realizar avaliações ou mesmo discutir ideias e avançar no estudo de um conteúdo, manter uma boa relação com seus colegas traz uma série de pontos positivos para a vida acadêmica.

Além disso, no caminho para se tornarem professores de sucesso, docentes participam da formação de diversos profissionais da área na qual você irá ingressar, podendo atuar como mediadores no contato com pessoas que podem ser importantes para a sua carreira.

Por isso, é fundamental demonstrar comprometimento e dedicação em relação aos estudos, além de interesse por ir além das aulas ministradas, de modo a deixar uma boa impressão nos docentes e poder recorrer a eles no futuro.

Participe de projetos e atividades complementares

Embora as aulas e avaliações sejam aquilo que há de obrigatório durante uma graduação, atividades complementares são igualmente importantes na busca por mais conhecimento e contatos.

As universidades costumam oferecer uma série de programas nos quais o estudante pode atuar e aprender, contribuindo para a sua formação e preparação para a área de atuação escolhida.

Monitorias, projetos de iniciação científica, organização de eventos e participação em centros acadêmicos são apenas alguns exemplos de atividade que qualquer aluno pode aproveitar para melhorar seu currículo e adquirir mais experiência.

Além disso, quando o foco está em como fazer networking na faculdade, esses espaços são ideais para conhecer novas pessoas com interesses similares, sejam elas colegas de graduação ou professores.

Também é importante lembrar que atividades de caráter complementar costumam ser exigidas para a contabilização de horas necessárias para a conclusão do curso, além de serem importantes para a construção de um currículo robusto.

Promova-se

Mais uma vez, a conduta surge como um fator essencial para quem quer compreender como fazer networking com mais eficiência desde cedo.

A autopromoção, aqui, está associada à ideia de marketing pessoal.

Nesse sentido, o estudante deve manter um comportamento que demonstre as qualidades que apresenta, como sua pontualidade e dedicação aos estudos.

Assim, para se promover de forma positiva, é importante manter-se atento a prazos de entrega e horários de aula ou eventos, além de participar de debates em sala de aula e demonstrar domínio sobre os conteúdos discutidos.

Isso, é claro, não deve ser feito com a intenção de parecer melhor que colegas de turma, mas para que o aluno aproveite as oportunidades que tem de mostrar seus pontos fortes e destacar-se como uma pessoa confiável e comprometida.

Seja sempre sincero sobre seus interesses

Para se destacar na faculdade e fazer um bom networking, é importante definir quais são seus interesses e comunicá-los às pessoas que convivem com você.

Assim, ao participar de atividades e eventos com a orientação de um professor, é importante estabelecer um diálogo e informá-lo a respeito de quais são os interesses que guiam sua formação, como a área de atuação pretendida.

Dessa maneira, é possível ser transparente e procurar por pessoas que possam oferecer conselhos e indicações relevantes para a carreira escolhida.

Faça estágios

Fazer estágios não obrigatórios é uma maneira de ganhar experiência no mercado de trabalho e na área em que se pretende atuar, sem dar de cara com todas as responsabilidades e deveres de um profissional do ramo.

Trata-se de uma forma interessante de conhecer o dia a dia de trabalho, além de estabelecer contatos com pessoas que você possa reencontrar no futuro, quando já houver se formado.

Assim, essa é uma boa oportunidade para se dedicar ao máximo às suas atividades e deixar uma ótima impressão.

Gostou das nossas dicas de como fazer networking desde a faculdade? Se você procura por uma universidade capaz de prepará-lo efetivamente para o mercado de trabalho, conheça a Ulbra, a Universidade Luterana do Brasil!

Oferecemos diversos cursos de ensino superior nas modalidades presencial, híbrida e EAD, para que você confira nossas unidades e escolha a opção que melhor se adequa às suas necessidades.

Para conhecer mais detalhes a respeito dos cursos oferecidos, processos seletivos e descontos nas mensalidades, visite a nossa página.

Publicado em 20 de outubro de 2022, por Equipe Ulbra

Posts relacionados

Twittar
Compartilhar
Compartilhar
Pin